“Queria fazer um poema como faço um bolo,
juntar lentamente todos os ingredientes.
Começar pelas gemas de ovos na folha em branco,
juntar açúcar para o adocicar,
com manteiga, ligar as palavras,
encorpá-las com farinha,
fazê-las crescer com fermento,
tornar as claras em castelo de ilusões,
misturar tudo com gestos precisos
até ligar tudo plenamente, de forma envolvente,
colocá-lo em forma de papel,
deixá-la no forno até cozinhar as ideias,
em lume brando palavras meigas.
Desenformar e ver o resultado
desta confeção de palavras.
Abrilhantá-lo com o toque especial de natas.
No topo do bolo, na capa do livro
o título seria a cereja.
Então estava pronto a servir aos meus leitores,
que se deliciariam com o paladar das letras,
a consistência da mensagem,
a maciez das imagens,
a leveza das metáforas,
a humidade das hipérboles.
Seria devorado até ao fim.
Não restaria nada.
Um bolo comido, um poema lido!”
(Célia Gil)

 

Hoje é dia do Bolo de Chocolate … é dia de comer uma decadente fatia de bolo de chocolate, o ingrediente denominado como “alimento dos Deuses” e com 4000 anos de história (foi na Mesoamérica Antiga, atual México que foram encontradas as primeiras plantas de cacau, posteriormente transformadas em chocolate pelos Olmecas). A parceria entre bolo e chocolate parece que surgiu há mais de três séculos, mais concretamente, no século XVII, na Inglaterra e desde então ganhou inúmeras variações.

Vá à sua pastelaria de eleição ou meta as mãos na massa e faça o seu bolo preferido. Existem variadíssimas opções de formatos e composições, combinações prováveis (chocolate com laranja ou morangos por exemplo) e outras menos prováveis (com beterraba ou courgette), receitas da “avó” que trazem à memória sabores de infância ou receitas mais sofisticadas (como é o caso daquele que é proclamado como “o melhor bolo de chocolate do mundo” com camadas intercaladas de merengue de chocolate, mousse do mesmo e uma cobertura por cima), vegan, paleo, próprios para celíacos ou para quem tenha intolerância à lactose.

No que respeita à estética e design dos bolos as opções não ficam aquém. Existem os bolos cobertos com pasta americana ou maçapão, bolos temáticos com folha de hóstia impressa, “naked cakes” (aquele estilo que deixa transparecer o próprio bolo), bolos com acabamentos em creme mais elaborados, drip de chocolate, flores naturais ou em creme, merengues, macarons, …

As possibilidades para o seu bolo são infinitas.

Deixe-se seduzir por uma delas e estimule a produção de serotonina , que é como quem diz sinta-se feliz !!!

 . 

Dia do Bolo de Chocolate

Comentários


Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *